Escola Pitangueiras Escola Pitangueiras Escola Pitangueiras

Educação Infantil na Granja Viana

  • Educação Infantil na Granja Viana
  • Educação Infantil na Granja Viana
  • Educação Infantil na Granja Viana
  • Educação Infantil na Granja Viana

Clique nas imagens para ampliar

A Escola Pitangueiras está voltada para Educação Infantil na Granja Viana, e está situada em Cotia na Grande São Paulo, trabalhando com o material do Sistema Anglo de Ensino. O currículo do Sistema Anglo possibilita à Educação Infantil na Granja Viana preservar suas características e sua história e, ao mesmo tempo, imprimir uma consistência e coerência pedagógica durante os anos da Educação Infantil na Granja Viana.

O professor de Educação Infantil na Granja Viana propicia a construção do conhecimento aos alunos. Na Educação Infantil na Granja Viana, os educadores da Escola Pitangueiras objetivam a compreensão do avanço tecnológico, a importância da preservação do meio ambiente, da cidadania e da solidariedade, além do desenvolvimento do raciocínio lógico, cultivando a capacidade dos seus alunos de analisar, interpretar e criticar construtivamente e estimular o interesse pela cultura, arte e esporte.

O espaço da Escola Pitangueiras voltado à Educação Infantil na Granja Viana, visa também proporcionar a formação e a informação para a construção do conhecimento, onde a aprendizagem favoreça a inserção do aluno em um universo cultural globalizado se apropriando dos conteúdos de forma construtiva. A Escola Pitangueiras consolida uma relação de respeito e prazer em cada etapa da Educação Infantil na Granja Viana de seus alunos, construída ao longo da última década, com uma equipe de trabalho (professores, berçaristas, secretárias, pedagogas, nutricionista e diretores, todos em constante aperfeiçoamento) que valoriza o empenho, a responsabilidade e a eficiência, buscando proporcionar uma recompensa adequada e comprometida com os resultados da Educação Infantil na Granja Viana.

Aulas de inglês

Buscando oferecer o melhor para seus alunos, a Escola Pitangueiras oferece aula de Inglês na Educação Infantil na Granja Viana, com o objetivo de sensibilizar as crianças para a língua inglesa, facilitando assim o futuro aprendizado do idioma. A Educação Infantil na Granja Viana oferecida pela Escola Pitangueiras é dotada de aulas de Inglês todos os dias.

Através de muitos jogos e canções as crianças têm contato com a língua estrangeira. São trabalhados conceitos simples tais como: cumprimentos, perguntas, cores, comandos do dia-dia, partes do corpo, números, datas comemorativas, nome de objetos/animais, entre outros.

Além de aulas de Inglês diárias, os alunos têm refeições elaboradas por nutricionistas, aulas de xadrez, atividades ao ar livre, playground ecológico, bem como acesso a uma escola completa de esportes.

Educação Infantil na Granja Viana tem que ser Escola Pitangueiras!

Origem da Educação Infantil

De acordo com a Wikipédia, a enciclopédia livre, a Educação Infantil consiste na Educação das crianças antes da sua entrada no ensino obrigatório. É ministrada normalmente no período compreendido entre zero e seis anos de idade de uma criança. Neste tipo de educação, as crianças são estimuladas - através de atividades lúdicas e jogos - a exercitar as suas capacidades motoras e cognitivas, a fazer descobertas e a iniciar o processo de alfabetização.

A Educação Infantil ou pré-escolar é ministrada em estabelecimentos educativos de vários tipos como berçários, creches, jardins de infância, pré-escolas ou jardins escola.

No Mundo, a Educação Infantil na Idade Média era baseada em alguns costumes herdados da Antiguidade. O papel das crianças era definido pelo pai. Os direitos do pai no mundo grego que o pai, além de incluir total controle sobre o filho, incluía também de tirar-lhe a vida, caso o rejeitasse. No mundo germânico, além do poder do pai exercido no seio da família, existia o poder patriarcal exercido pela dominação política e social. Nas sociedades antigas, o status da criança era nulo. Sua existência no meio social dependia totalmente da vontade do pai, podendo, no caso das deficientes e das meninas, ser mandadas para prostíbulos em lugar de serem mortas, em outros casos, (as pobres) eram abandonadas ou vendidas. Com a ascensão do cristianismo, o modo de lidar com as crianças mudou, apesar da mudança ter sido um processo lento.

No Brasil, por volta da década de 1970, com o aumento do número de fábricas, iniciaram-se os movimentos de mulheres e os de luta por creche, resultando na necessidade de criar um lugar para os filhos da massa operária, surgindo então as creches, com um foco totalmente assistencialista, visando apenas o “cuidar”. Pois segundo Faria (1999, p.25). Se os anos 70 voltaram-se para a mulher, nos anos 80, essa mulher voltou-se para as crianças. Foram, em geral, as feministas intelectualizadas de classe média, e que eram contra a ditadura, que passaram a pesquisar sobre a infância e assessorar os governos progressistas que, atendendo às reivindicações populares, prometeram creches nas suas campanhas eleitorais.

Só em 1988 a Educação Infantil teve início ao seu reconhecimento, quando pela primeira vez, foi colocada como parte integrante da Constituição, depois em 1990, com o Estatuto da Criança e do adolescente (ECA, Lei federal 8069/90), entre os direitos estava o de atendimento em creches e pré-escolas para as crianças até os seis anos de idade. Pela primeira vez na história, uma Constituição do Brasil faz referência a direitos específicos das crianças, que não sejam aqueles circunscritos ao âmbito do Direito da Família. Também pela primeira vez, um texto constitucional define claramente como direito da criança de 0 a 6 anos de idade e dever do Estado, o atendimento em creche e pré-escola. Posteriormente, entramos em um período de debate em torno da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), período que se estendeu até meados da década de 90. Nesse período, sem a aprovação da LDB, a lei maior, o Ministério da Educação em conjunto com outros segmentos define uma política nacional para educação infantil, propondo a criação de uma Comissão Nacional de Educação Infantil (CNEI), que a visão de formular e implementar políticas na área, atuando de 1993 a 1996. Em 1994, aconteceu a Conferência Nacional de Educação para Todos, e um dos eventos preparatórios à conferência foi o I Simpósio Nacional de Educação Infantil, que aprovou a Política Nacional de educação Infantil, com o apoio da CNEI. A partir da Constituição de 1988, do Estatuto da Criança e do Adolescente em 1990 (ECA, Lei Federal 8069/90) e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional em 1996, lei 9394/96 (BRASIL, 1996), a Educação Infantil foi colocada como a primeira etapa da Educação Básica no Brasil, abrangendo as crianças de 0 a 6 anos, concedendo-lhes um olhar completo, perdendo seu aspecto assistencialista e assumindo uma visão e um caráter pedagógico. Nesse momento acontece a Municipalização, a Educação Infantil passa a ser responsabilidade dos Municípios, com certo vínculo de verba com o Estado. De acordo com Faria (1999, p.68). Apenas hoje no Brasil, ou melhor, felizmente hoje, dez anos depois de promulgada a primeira Constituição que garante o direito à educação das crianças de 0 a 6 anos em creches e pré-escolas estamos tentando regulamentar as instituições de educação infantil.

Hoje, no Brasil considera-se como educação infantil o período de vida escolar em que se atende, pedagogicamente, crianças com idade entre 0 e 5 anos e 11 meses.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Saiba mais sobre Educação Infantil na Granja Viana

Ligue para (11) 4702-5252 ou entre em contato por email.
Tags desta página: Educação Infantil, Educação na Granja Viana, Educação Infantil em Cotia, Educação Infantil na Granja Viana.
O texto acima "Educação Infantil na Granja Viana" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Telefone para contato
(11) 4702-5252
Unidade I - Rua Santarém, 223 - Cotia/SP - CEP: 06708-675
Unidade II- Rua Roma, 882 - Cotia/SP - CEP: 06708-640
Otimização de site Yaslip - Marketing de busca W3C XHTML 1.0 - Site Desenvolvido nos padrões W3C Site Desenvolvido nos padrões W3C

Este site está protegido pela Lei de Direitos Autorais. (Lei 9610 de 19/02/1998), sua reprodução total ou parcial é proibida nos termos da Lei.